AprendiAprendi

Santa Joana de Portugal (12/05)

Santa Joana de Portugal

Origem

Santa Joana nasceu no dia 6 de fevereiro de 1452. Filha primogênita do rei D. Afonso V, rei de Portugal, possuía grande beleza e personalidade marcante. Desejosa de se consagrar a Deus na Ordem dominicana, precisou vencer a resistência do pai que desejava um casamento vantajoso para ela.

Aos 19 anos de idade, Joana habilmente convenceu seu pai de oferecer à Deus sua única filha em agradecimento às muitas e recentes vitórias que ele tinha conquistado. O comovente pedido da filha fez Afonso V perceber que o seu chamado à vida religiosa era verdadeiro e consentiu que a princesa entrasse no Mosteiro.

Vida de e santidade de Santa Joana de Portugal

Levava vida penitente, passando as noites em oração. Jejuava frequentemente e, como insígnia real, usava uma coroa de espinhos. Os pobres, os enfermos, os presos, os religiosos viam nela a sua protetora e amparo.

Conservava um livro onde ela anotava os nomes de todos os necessitados, o grau de pobreza de cada um e o dia em que deveria ser dada a esmola.

Viveu despojada de tudo até a morte, no dia 12 de maio de 1490. Em vida amada pelo povo por sua santidade, após sua morte a princesa Joana passou a ser venerada e cultuada pelos milagres que ocorriam por sua intercessão.

Esse texto é fruto da parceria entre Tenda do SenhorTodo Santo Dia. Curtam nossos perfis no Instagram e apoiem esse projeto de evangelização. Nosso objetivo é chegar no Céu! Amém? Amém!

Caso queira treinar para chegar ao Céu também, podemos te ajudar! Confira algumas das nossas partilhas espirituais e ditos de santos na Oficina de Santidade!

Santa Joana de Portugal, rogai por nós!

Santo Inácio de Láconi

Santo Inácio de Láconi (11/05)

Santa Maria Domingas Mazzarello

Santa Maria Domingas Mazzarello (13/05)