in

AprendiAprendi ChoreiChorei Amei!Amei!

O que são os pecados capitais?

Imagem por Pexels na Pixabay

Embora tenhamos introduzido o itinerário sobre virtudes e pecados no último post, o que você lerá aqui não é simplesmente uma continuação. E mesmo que as formações tenham uma certa continuidade e estejam interligadas, você não perderá muito caso ainda não tenha lido nosso último texto: formação sobre virtudes.

Entretanto, para uma formação mais completa e rica, recomendo que você dê uma lida. E continuando nosso assunto da vez, é necessário iniciarmos com a seguinte pergunta…

O que é o pecado?

Antes de falarmos sobre pecados capitais, faz-se necessário entendermos o que é o pecado. E, para tal, perguntemos ao Catecismo da Igreja Católica: o que é o pecado?

“O pecado é uma falta contra a razão, a verdade, a consciência reta; é uma falta ao amor verdadeiro para com Deus e para com o próximo, por causa de um apego perverso a certos bens. Fere a natureza do homem e ofende a solidariedade humana. Foi definido como “uma palavra, um ato ou um desejo contrários à lei eterna””.

Catecismo da Igreja Católica, §1849

A partir disso, descobrimos que, à semelhança do pecado original, todo pecado é uma desobediência direta à lei eterna. Mas… que lei ou, melhor dizendo, que leis são essas? Essas leis são os dez mandamentos. Toda desobediência aos mandamentos fere o nosso relacionamento com Deus.

Embora o pecado em si seja um mal, nem todo pecado fere gravemente, ou seja, destrói completamente a comunhão do homem com Deus. Cabe a cada um a responsabilidade pelos seus próprios atos. Ah, e é importante saber: nenhum homem pode pecar pelo outro.

 O Todo-Poderoso, em sua liberdade, criou o homem e deu à sua criatura o direito de decidir o que fazer, quando fazer, se fazer… o livre-arbítrio.

O que é a liberdade?

O homem é livre para escolher, através da razão e da vontade, o que, como e em que momento fazer cada coisa, seja isso bom ou mau. A razão e a vontade orientam as paixões, que são componentes naturais no homem e que brotam no coração.

Em si mesmas, as paixões não são boas nem más; mas são boas quando contribuem para ações boas e más quando o contrário. E é do coração brotam seus movimentos. As paixões garantem a ligação entre a vida sensível e a vida do espírito.

A liberdade é uma força de crescimento e amadurecimento na verdade e na bondade; alcança sua perfeição quando está orientada para Deus. Quando não está orientada para Deus, ou não dá frutos bons ou não dá frutos, simplesmente.

(Catecismo da Igreja Católica, §1731 e §1764).

Como a liberdade é uma força de crescimento e de amadurecimento na verdade e na bondade, quando não está orientada para Deus, que é Verdade (cf. Jo 14, 6) e Bom (cf. Lc 18, 9), sofre abuso.

Pecar é abusar da liberdade

A partir daí, sabemos que o homem pode fazer uso da sua liberdade para cumprir sua missão, que é de adorar, amar e estar na presença do seu Senhor e Criador. Ou dizer não a tudo isso e viver como quiser. É uma questão de escolha, e Deus respeita as escolhas de cada um.

O pecado é um abuso da liberdade. E com o objetivo de esclarecer o sentido do que está sendo escrito, abaixo está o significado da palavra uso.

1. ato ou efeito de usar(-se).
2. aplicação de um objeto, matéria, ferramenta etc. de acordo com sua natureza, sua função própria; emprego, utilização.

Fonte: Dicionário Google

Sabendo disso, podemos concluir que abuso é o uso inadequado de algo. Sendo assim, pecado é o uso inadequado (que não está de acordo com a utilidade e função própria) da liberdade.

Quantos e quais são os pecados capitais?

Os pecados capitais são sete. São eles: orgulho (ou soberba), vaidade, ira, gula, luxúria, preguiça e avareza. Cada um dos pecados capitais contraria uma das sete virtudes principais, como descritas na última formação.

Como a virtude é uma disposição habitual e firme para fazer o bem, os pecados capitais, como contrariam as virtudes, são hábitos maus. E os maus hábitos são chamados de vícios. Logo, os pecados capitais também são chamados de vícios capitais.

Na próxima formação, continuaremos nossa missão de traçar um itinerário rumo à santidade de vida. Faremos um bom estudo e identificaremos como os pecados nos afastam de Deus e como podemos evitá-los e praticar as virtudes!

Você que chegou até aqui!

Que esse texto sirva de edificação para você, seus amigos e grupos de partilha ou turmas de catequese. Não se esqueça: você é livre! Em sua liberdade, você pode escolher compartilhar esse texto e ajudar na edificação das pessoas que podem ter contato com esse estudo, ou não.

Apoie essa causa de evangelização! E não deixe de acompanhar os próximos. Nesse itinerário catequético, estudaremos, ainda os grupos dos pecados capitais, entenderemos qual virtude combate cada pecado e atitudes que nos levam ao Céu! Você sabe o que é ascese? Fique atento, porque tem muito mais vindo!

Escrito por Equipe Tenda do Senhor

Grupo de Oração Tenda do Senhor

O que você acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eucaristia

QUIZ: Sacramentos da Igreja

Relâmpago no deserto

Ditos do Abade João Curto #1