in

Ditos do Abade João Curto #1

Você sabe o que são apoftegmas? Se não souber, sugiro que leia o texto em que explicamos o que são. Nesse texto, usamos as palavras tiradas de um livro, de Santo Estêvão Bettencourt, OSB.

Tendo já visitado os abades Antão, Daniel e Macário… nessa semana visitaremos outro grande asceta, eremita e pai: João Curto!

Apoftegmas do Abade João Curto

Do Abade João Curto contaram que se retirou para junto de um ancião Tebano na Cétia, ficando a residir no deserto. Ora o seu Abade, tomando um lenho seco, plantou-o e disse-lhe: “Rega-o diariamente com um cântaro d’água, até que dê fruto”.

A água, porém, ficava distante deles, de movo que, para hauri-la, devia sair à tarde e voltar de manhã. Passados três anos, o lenho viveu e deu fruto; o ancião então colheu-o e levou-o para a igreja, dizendo: “Tomai, comei o fruto da obediência”.

(BETTENCOURT, Estêvão. Apoftegmas – A Sabedoria dos Padres do Deserto. Lumen Christi, Rio de Janeiro, 1979)

Escrito por Equipe Tenda do Senhor

Grupo de Oração Tenda do Senhor

O que você acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

O que são os pecados capitais?

Nossa Senhora da Confiança

Nossa Senhora da Confiança