in

Amei!Amei! AprendiAprendi OMGOMG LOLLOL

A importância do silêncio na vida de oração

Já parou para notar o quão difícil é, nos dias atuais, estarmos verdadeiramente em silêncio? Não conseguimos esse feito nem ao menos cinco minutos durante o dia. Vivemos em um mundo barulhento e, infelizmente, todo esse barulho não contribui para a nossa vida de oração. Quero te trazer para uma reflexão sobre a importância do silêncio na vida de oração.

O silêncio era muito importante e presente na vida dos santos, dos profetas da Bíblia, mas, essencialmente, na vida de Nosso Senhor. Percebemos muito esse espírito de recolhimento do próprio Jesus nos Evangelhos como, por exemplo:

“Vinde vós, sozinhos, a um lugar deserto e descansai um pouco”

Marcos 6,31

“De madrugada, estando ainda escuro, ele se levantou e retirou-se para um lugar deserto”

Marcos 1,35

“Ao raiar do dia, saiu e foi para um lugar deserto”

Lucas 4,42

Existem ainda muitas outras passagens onde Jesus nos ensina que a verdadeira oração e meditação encontra-se no silêncio. Outra linda passagem que nos mostra a importância do silêncio é a subida de Elias ao monte Horeb.

Lá, Deus pede que ele fique na montanha. Então, fenômenos começaram a acontecer: furacões, terremotos, fogo, e em nenhum desses fenômenos se encontrava o Senhor. Eis que no fim, Elias ouviu um ruído de uma leve brisa, e lá se estava o Senhor. 

Hoje em dia temos dificuldade de silenciar até mesmo na igreja, na hora da missa. Não podemos jamais esquecer que é no silêncio dos nossos corações e das nossas mentes que Deus irá nos falar. 

Santo Afonso Maria de Ligório vai nos dizer que:

“O Silêncio é um grande meio para nos ajudar a sermos almas de oração, e nos dispor para tratarmos continuamente com Deus. É difícil achar uma pessoa espiritual que fale muito”

A Esposa de Jesus Cristo

Em outro momento, nos diz também:

“É uma regra certa que a pessoa que fala muito com os homens, pouco fala com Deus; e o Senhor, por sua vez, pouco lhe falará, porque está escrito que, quando quer conversar com uma alma, a conduz à solidão”

Oséias 2,14

São Josemaria Escrivá vai nos dizer:

“ Procuras encontrar diariamente uns minutos dessa bendita solidão que tanta falta te faz para teres em andamento a vida interior.”

Caminho, n. 304

Percebe que só começamos a ouvir a Deus quando silenciamos por fora e, consequentemente, por dentro? Não digo para ser radical e nunca mais falar nada; digo que é necessário buscar o quanto puder, fugir do barulho do mundo, e assim, silenciar o próprio ser.

Comece por não ir direto ao celular ao acordar, limite a quantidade de informações que recebe, concentre-se naquilo que faz e tente não ser tão bruto nas ações corporais. Limite também a quantidade de música que ouve e tente apreciar, ao menos por cinco minutos durante o dia, um pouco de silêncio.

Preste atenção na brisa suave, como Elias fez, e aí sim Deus lhe falará.

Vitória Porto

Escrito por Vitória Porto

O que você acha?

Comentários

Deixe uma resposta

Avatar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0
o amanhã não existe

O Amanhã Não Existe. Viva hoje!