in

Amei!Amei! AprendiAprendi

O Amanhã Não Existe. Viva hoje!

O título dessa quarta reflexão tem por objetivo chocar mesmo. Por quê? Porque o amanhã não existe. Viva hoje! Certamente, isso tem a ver com um dos pecados que vão se infiltrando em nossas vidas de forma mais sorrateira: a Preguiça.

Viva o Presente

O próprio termo que designa o tempo atual já dá a dica do que ele é: um presente. Portanto, devemos viver esse presente no presente, no aqui e no agora. O amanhã não existe. Ainda. E talvez nunca vá existir para mim ou para você. Decerto vivemos sem pensar que podemos morrer a qualquer momento e vamos deixando esse presente de viver o presente de lado.

Viva hoje! Viva hoje no presente que é o presente. Não tem outro jeito de aproveitar melhor a nossa vida do que viver, mas viver hoje. Tá, André, mas você tá escrevendo, escrevendo e ainda não captei: o que isso de “o amanhã não existe, viva hoje” tem a ver com a Preguiça?

A Procrastinação

Pronto. Lá vem você com palavras difíceis…

Procrastinar significa deixar de viver hoje. Significa esquecer que o amanhã não existe e que é preciso viver hoje. Sobretudo, procrastinar é deixar para fazer amanhã o que deve ser feito hoje. Porquanto esse é um dos maiores pecados que trazemos dentro de nós.

Mas, quando eu faço isso?

Quando seu celular toca na hora que você deve acordar, mas você coloca mais cinco minutinhos de soneca. Na hora que você tem que fazer um trabalho e, apesar de saber que tem que fazer, passa horas em redes sociais ou em bate-papo pelo celular. Quando você não tira a cara do celular ou do notebook para notar que há pessoas à sua volta precisando de uma palavra, de um sorriso, de um abraço.

Cada vez que você faz uma dessas coisas, você esquece que o amanhã não existe e que deve viver hoje.

Testemunho

Minha mãe faleceu há quase 19 anos. Quantas e quantas vezes eu me pego refletindo sobre meu atrasos na hora de levantar e, ao fazê-lo, ela já ter saído para trabalhar e eu nem ter dado um beijo de bom dia nela ou ter pedido a bênção para começar meu dia. Eu sempre me esquecia que o amanhã não existe e deixava para um possível amanhã o que eu deveria ter feito hoje.

Provavelmente, se eu tivesse oportunidade, eu faria vigílias para apenas vê-la dormindo mais uma vez ou acordaria uma hora antes do necessário para preparar um café da manhã como ela gostava. Mas, como o amanhã não existe, hoje é tarde demais.

Não trago remorsos, pois tudo já foi perdoado na Cruz de Jesus. Mas, trago esse testemunho para que você possa refletir: quantos abraços, sorrisos e beijos você tem deixado para um amanhã que não existe e não tem vivido o hoje da sua vida?

Hoje. Só hoje. Só por Hoje!

Que tal hoje você lembrar que o amanhã não existe? Que tal hoje você viver de verdade “a vida plena que Jesus veio nos dar” (cf. Jo, 10,10)? Que tal só por hoje acordar quando o despertador tocar? Que tal só por hoje fazer suas tarefas na hora que devem ser feitas? E só por hoje você treinar ou se alimentar bem ou mesmo dar um sorriso para quem mora com você.

O amanhã não existe. Viva hoje!

3ª Semana: A Diferença entre Necessidade e Vontade

André Butzke

Escrito por André Butzke

O que você acha?

Comentários

Deixe uma resposta

Avatar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0
a dor de Moisés

A dor de Moisés no deserto

A importância do silêncio na vida de oração