in

InTenda – Meditação e Intercessão para Janeiro/2020

O InTenda traz como meditação e intercessão para janeiro de 2020 as reflexões abaixo…

Fazei isto em memória de mim.

Lucas 22,19b

Essa frase é aparentemente simples e a ouvimos em toda celebração da Santa Missa. Contudo, essa frase foi dita um pouco antes do Senhor viver toda a sua paixão e morte. Um pouco antes Dele sofrer e morrer pelos nossos pecados nos mostrando que a morte não é nosso fim e que Ele nos dá Sua Vitória ao ressuscitar.

Ele nos dá a Salvação e a certeza da vida eterna em Seu reino. Essa é nossa fé, esse é o sentido da nossa vida. Estamos no mundo, mas esse não é nosso mundo. Precisamos, assim, aprender a viver nesse mundo de forma a trilhar um caminho para alcançar o Reino do Senhor. Isso nos impõe algumas renúncias.

Renúncias

Renúncias a prazeres que o mundo nos oferece, mas que não nós convêm, uma vez que buscamos viver o Reino do Senhor. A Palavra nos diz:

Tudo me é permitido, mas nem tudo convém. Tudo me é permitido, mas eu não me deixarei dominar por coisa alguma.

1Coríntios 6,12

Se o Senhor nos diz que, apesar de tudo nos ser permitido, nem tudo nos convém, e nos deixou como orientação – enquanto comunidade – que devemos fazer tudo em Sua memória, como podemos pensar nosso serviço e nossas escolhas ?

Intercessão é Batalha

Primeiramente, não devemos nunca nos esquecer que Intercessão é batalha. Quando um grupo se reúne em oração em prol de uma comunidade se colocando 7 dias da semana com um momento especial de oração, se colocando uma vez por mês com 24 h ininterruptas em oração, fazendo jejuns, penitência e sacrifícios, decerto esse grupo seja atacado e sofra tentações do inimigo, que obviamente, não quer  esse movimento dentro da comunidade.

Por isso, certamente, todos nós sentimos que temos momentos de queda, fraqueza espiritual, dificuldades começam a surgir, parece que começa a acontecer tudo ao mesmo tempo em nossas vidas.

Devemos nos preparar para enfrentar essa batalha com as armas que o próprio Senhor nos coloca à disposição: vida de Oração, confissão, Eucaristia, Adoração, terço, jejuns, penitencias… mas independente do que façamos, não podemos esquecer daquela pequena frase que Ele nos deixou: “Fazei isso em memória de mim”.

Nossas escolhas, nosso serviço na igreja, nossos sacrifícios só fazem sentido se fizermos em Sua memória. Nunca devemos nos esquecer que o Senhor precisa ser o centro de tudo. Ele é a cabeça e nós somos os membros do corpo. Os membros só fazem o que a cabeça ordena, direciona. O braço não tem vontade própria, a perna não decide nada.

Jesus, o Centro

Em todos os aspectos de nossa vida, o Senhor precisa ser o centro, aquele que nos conduz, nos direciona. Toda as nossas escolhas e atitudes precisam ser por Ele e para Ele. 

Se conseguirmos, de coração, fazer tudo realmente em Sua memória, nada vai nos abalar. Continuaremos tendo dificuldades, tribulações, tentações. O caminho da Santidade é caminho de calvário, de cruz, Ele nunca nos disse que O seguir seria fácil. Mas Ele está conosco e, se vivermos toda a nossa vida fazendo tudo em Sua memória, seremos vitoriosos.

Que no ano de 2020 possamos ter essa ordem gravada em nosso coração, nossas orações e nossos sacrifícios pela nossa comunidade e por nossos irmãos que nos entregam suas súplicas. Que tudo seja feito unicamente em Sua memória, para honra e glória do Seu nome.

Escrito por Equipe Tenda do Senhor

Grupo de Oração Tenda do Senhor

O que você acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Santa Maria, Mãe de Deus

História de Nossa Senhora de Caná