in

Tudo está consumado!

Foto ilustrativa: Wesley Almeida/cancaonova.com

A leitura da Paixão do Senhor sempre mexe com a gente. Por mais frios que sejamos, não há como ficarmos indiferentes à narrativa de um Inocente sendo trucidado por um bando de soldados por causa dos pecados do homem.

Desde a sua prisão até seu julgamento, Jesus foi manso. Todas as respostas foram calculadas, tranquilas e santas. Inclusive os seus silêncios.

Após um julgamento injusto, o Rei dos Reis é condenado a morrer crucificado. Aquele que já não tinha figura humana, agora traz às costas a sua cruz, o seu trono. O nosso Rei reina do Trono da Cruz!

Mais do que carregar sua cruz, Jesus abraça a sua cruz com todas as suas forças, pois Ele sabe que não há vitória que não passe pela cruz.

Pelo caminho, encontra diversas pessoas, mas o encontro com sua Mãe seja talvez o mais marcante. A troca de olhares, o amor envolvido, o carinho silencioso, a fortaleza que Ele encontra nEla e que Ela encontra nEle.

Ambos sofrem, ambos amam, ambos confiam. E a Virgem sobe ao Calvário com seu Filho. Seu coração O ajuda a carregar a cruz. Como é bom se sentir amado nos momentos mais difíceis da vida!

E o Mestre é levantado no madeiro. Pregado, amarrado, humilhado. Toda a criação geme e chora de dor, pois o Filho de Deus está crucificado. E no auge da sua dor, o Rei traz tanto amor no seu coração que é capaz de perdoar os seus algozes, entrega a sua Mãe à Igreja e a Igreja à sua Mãe, canoniza o ladrão e diz: tudo está consumado.

Refletindo

E você, não acha que tá na hora de parar de se debater na cruz e permitir que o teu sofrimento te torne semelhante ao teu Senhor? Em vez de xingar quem te faz mal, que tal perdoar? Em vez de se debater na cruz, que tal olhar para a Mãe e encontrar nEla todo consolo e conforto necessários? Santidade é ser como Jesus. E Jesus morreu crucificado, em silêncio, amando.

Escrito por Equipe Tenda do Senhor

Grupo de Oração Tenda do Senhor

O que você acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

A Última Ceia

Amou-os até o fim.

Nossa Senhora das Dores

Nossa Senhora das Dores