in

Um de vós me entregará!

As palavras de Jesus aos seus discípulos são bem duras. Jesus era um homem de palavras duras. A Verdade não é cor de rosa e enfeitada com flores e chocolates. A Verdade é dura, dura como a rocha, pois Jesus é a Verdade e a Pedra Angular.

Contudo, dureza não significa frieza ou desprezo, não significa agressividade. A dureza da palavra de Jesus traz consigo toda a misericórdia necessária à salvação do homem. Judas estava com Jesus desde o início. Havia sido escolhido para andar bem próximo do Senhor. Mas, como disse o Evangelho ontem, era ladrão.

Judas não era ladrão apenas por roubar o dinheiro dos discípulos, mas por roubar o tempo, a honra e a confiança do Senhor. Ele foi chamado para bem perto do Senhor para poder mudar de vida e encontrar a salvação. Mas preferiu o caminho das trevas e da traição. A dureza das palavras de Jesus, repletas de misericórdia, não acharam no coração de Judas um local de pouso.

Tragam nos seus corações sempre essa reflexão: quanto mais perto de Jesus você andar, quanto maior for o seu chamado e mais importante o seu serviço, é Jesus te dando a chance de ser santo, apesar de ser tão ruim, tão ladrão, tão pecador. Os maiores pecadores são os que o Senhor traz mais perto dEle.

E você, vai escolher o que: dar a sua vida a Jesus ou vender o Senhor e sua Verdade por 30 moedas quaisquer?

Escrito por Equipe Tenda do Senhor

Grupo de Oração Tenda do Senhor

O que você acha?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Maria unge os pés de Jesus

O Perfume de Deus

30 Moedas de Prata

30 Moedas de Prata